Você sabia que..


...

Notícias Voltar


C√Ęncer de pele deve registrar 27 milh√Ķes de casos novos em 2030, diz OMS

28 de dezembro de 2016

EBCA Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS) prev√™ que, no ano 2030, ser√£o registrados 27 milh√Ķes de casos novos de c√Ęncer da pele, 17 milh√Ķes de mortes pela doen√ßa e 75 milh√Ķes de pessoas vivendo com c√Ęncer. O maior efeito desse aumento incidir√° em pa√≠ses em desenvolvimento. No Brasil, o c√Ęncer j√° √© a segunda causa de morte por doen√ßas, atr√°s apenas das doen√ßas do aparelho circulat√≥rio. 

Com a chegada do ver√£o e do per√≠odo de f√©rias, os cuidados para combater e prevenir s√£o refor√ßados pelos profissionais de sa√ļde. De acordo com pesquisa da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) 4,5 milh√Ķes de brasileiros j√° tiveram c√Ęncer da pele, o que representa grande incid√™ncia no Pa√≠s. As altas temperaturas e a grande exposi√ß√£o aos raios solares podem promover novos casos. 

A pesquisa aponta, ainda, que mais de 100 milh√Ķes de brasileiros se exp√Ķem ao sol de forma intencional nas atividades de lazer, 3% dos brasileiros n√£o usam protetor solar no seu dia a dia e 6 milh√Ķes de brasileiros adultos n√£o se protegem de forma alguma quando est√£o na praia, piscina, cachoeira, banho de rio ou lago. Al√©m disso, a Sociedade Brasileira de Dermatologia sinaliza que erros comuns aumentam casos da doen√ßa, como n√£o usar filtro solar diariamente, n√£o reaplicar, achar que em dias nublados ou chuvosos n√£o precisa de us√°-lo. 

Outros erros apontados pela Sociedade s√£o usar filtro solar s√≥ no rosto e esquecer do corpo, se expor ao sol para se bronzear, fazer bronzeamento artificial e n√£o ir ao dermatologista regularmente. No entanto, a SBD alerta que o sol n√£o √© um vil√£o, mas a exposi√ß√£o solar indiscriminada, desprotegida e intermitente pode torn√°-lo um vil√£o por ele ser o principal fator de risco para o c√Ęncer da pele.

Da Ag√™ncia CNM, com informa√ß√Ķes da ABr