Você sabia que..


...

Notícias Voltar


Guia orienta profissionais da sa√ļde sobre chikungunya

28 de dezembro de 2016

Pref. Goi√Ęnia (Go)Um guia cl√≠nico para manejo da chikungunya, voltado a profissionais de sa√ļde, para avalia√ß√£o dos casos no Pa√≠s foi disponibilizado na √ļltima sexta-feira, 23 de dezembro, no portal sa√ļde, em formato digital. A Confedera√ß√£o Nacional de Munic√≠pios (CNM) explica que o guia aborda fases de evolu√ß√£o da doen√ßa ‚Äď aguda, subaguda e cr√īnica ‚Äď e interven√ß√£o em cada uma.

O material orienta ainda quanto a casos graves, cuidados com gestantes, medicamentos recomendados, exames necess√°rios, bem como tratamento e a√ß√Ķes de vigil√Ęncia. De acordo com o governo, o novo manual incorpora a experi√™ncia dos profissionais de sa√ļde desde a publica√ß√£o do anterior, no in√≠cio de 2015. Ele permite diferenciar, com mais precis√£o, um caso de chikungunya de outros agravos suspeitos e iniciar imediatamente o tratamento correto.

O guia tamb√©m traz orienta√ß√Ķes sobre a notifica√ß√£o de casos e √≥bitos. Todo caso suspeito de chikungunya deve ser notificado ao servi√ßo de vigil√Ęncia epidemiol√≥gica, conforme fluxo estabelecido em cada Munic√≠pio. Diante disso, a CNM alerta que os √≥bitos suspeitos s√£o de notifica√ß√£o imediata e profissionais devem comunicar √†s Secretarias Municipais de Sa√ļde em at√©, no m√°ximo, 24 horas.

Para o efetivo controle das doen√ßas transmitidas pelo Aedes aegypti, √© necess√°ria a notifica√ß√£o e a interven√ß√£o imediatas, com o oportuno bloqueio na cadeia de transmiss√£o. Desta forma, a CNM orienta que as equipes de sa√ļde dos Munic√≠pios notifiquem todos os casos suspeitos de chikungunya e informem a Vigil√Ęncia em Sa√ļde do Munic√≠pio, subsidiando desta forma as medidas de controle.

A√ß√Ķes da CNM
Desde de 2015 a Confedera√ß√£o disponibilizou um site para os Munic√≠pios do pa√≠s acessarem guia para planejamento das a√ß√Ķes de combate ao Aedes Aegypti. Al√©m disso, os gestores podem baixar an√ļncios/chamadas especificamente preparadas para veicula√ß√£o em r√°dio e materiais para impress√£o - como adesivos, banners, bottons, cartazes e cartilha.

De acordo com o Minist√©rio da Sa√ļde, existe a possibilidade de uma epidemia de chikungunya no ano de 2017, e esse √© mais um motivo para que as atividades da aten√ß√£o prim√°ria em sa√ļde (APS) estejam bastante integradas com a Vigil√Ęncia em Sa√ļde do seu Munic√≠pio.

Todas essas a√ß√Ķes propostas pela CNM foram elaboradas em conjunto pelos t√©cnicos da Defesa Civil e da Sa√ļde com o objetivo de integrar e qualificar o combate di√°rio ao Aedes Aegypti.

Acesse a Cartilha CNM  

Para ser direcionado ao Hotsite "Munic√≠pios contra o Aedes", clique aqui 

Acesse aqui o guia clínico para manejo da chikungunya