Você sabia que..


...

Notícias Voltar


CNM celebra Dia Mundial do Doador de Sangue e pede apoio para manter estoques nos hemocentros

12 de junho de 2020

Doadres EBCNo próximo domingo, 14 de junho, será celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue. A data é uma forma de valorizar os atos de solidariedade de voluntários para salvar vidas e conscientizar sobre a importância da manutenção dos estoques nos hemocentros do país. A Confederação Nacional de Municípios (CNM), por meio do projeto Rede de Municípios Doadores, pede o apoio dos gestores municipais na implementação de ações interativas que estimulem a população e proporcionem o aumento das doações de sangue. 

Para agradecer a generosa contribuição de milhões de doadores voluntários em salvar vidas, a comemoração do Dia Mundial do Doador de Sangue é marcada por iniciativas e eventos em todo o mundo. Historicamente, o mês de julho costuma ser um dos mais críticos nos números de doações, com baixas nos estoques dos hemocentros de todo o país, especialmente por ser um período de frio em algumas regiões e que também coincide com as férias escolares. Com o novo coronavírus, o número de doações caiu drasticamente já no mês de junho.

A Rede de Municípios Doadores busca reverter essa situação e contribuir com o aumento das doações de sangue no país com um processo de comunicação e interação entre hemocentros, gestores municipais e doadores. A entidade tem entrado em contato com os hemocentros e unidades de coleta como uma forma de também assegurar medidas de segurança e proteção que garantam a saúde do doador durante a pandemia da Covid-19.

A colaboradora da CNM e consultora do projeto, Mariana Boff Barreto, entende que existe receio geral da população de uma possível contaminação pelo coronavírus. O medo ocorre principalmente pelo fato de as doações ocorrerem em um ambiente hospitalar. Sobre isso, a representante da Confederação explica que o doador pode fazer o agendamento por telefone e evitar aglomerações nos hemocentros.

A doação de sangue é uma esperança de vida e não existe outra forma de substituir esse ato tão solidário. A data de 14 de junho foi escolhida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como Dia Mundial do Doador de Sangue para homenagear o nascimento de Karl Landsteiner, imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Foto: EBC

Da Agência CNM de Notícias