Você sabia que..


...

Notícias Voltar


Ministério da Saúde atualiza informações do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação

13 de julho de 2021

17122020 vacina sputnik russia foto M Mishin Governo de MoscouForam publicadas atualizações do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNO). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) traz as principais mudanças estabelecidas pelo Ministério da Saúde, dentre elas, a imunização de novos grupos prioritários e orientações para a vacinação de gestantes e puérperas.

O documento apresenta 28 públicos prioritários, que somam 81.651.408 pessoas e traz informações sobre os seguintes pontos:

Descritivo das pautas de distribuição das vacinas realizadas até o momento: população-alvo contemplada;

Atualizações da estimativa da população-alvo e das definições de asma grave e hipertensão estágio 1 e 2;

Descritivo do grupo prioritário;

Atualização da definição de trabalhadores de saúde e das das vacinas;

Incorporação da estratégia de vacinação definida na Nota Técnica 717/2021 – CGPNI/DEIDT/SVS/MS;

Atualização da definição de Quilombolas, conforme solicitação do Supremo Tribunal Federal (STF);

Retomada das orientações para vacinação do grupo de gestantes e puérperas.

 

Nota Técnica

A Nota Técnica 717/2021 traz orientações referentes à continuidade da vacinação dos grupos prioritários elencados no PNO e início da vacinação da população geral (18 a 59 anos de idade).

Também foram retomadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) as orientações da vacinação geral em todas as gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), independentemente de condições de comorbidades, devido ao risco de desenvolvimento de complicações da Covid-19 nesse público. A atualização do PNO pode ser acessada no Observatório CNM Covid-19, na aba Cronograma e Plano Nacional. 

Leia também:
Crescimento de mortes de grávidas e puérperas por Covid-19 preocupa poder público

 

Foto: EBC

Da Agência CNM de Notícias