Você sabia que..


...

Notícias Voltar


Bate-papo: CNM orienta Municípios sobre a utilização do Observatório pós-covid

13 de maio de 2022

WhatsApp Image 2022 05 13 at 15.00.24Uma das maiores preocupações dos gestores municipais tem sido gerenciar o pós-covid. Seja pela demanda reprimida devido à concentração no enfrentamento à pandemia ou também pela falta de recursos repassados aos Municípios. Para tratar esta temática, a edição desta sexta-feira do Bate-papo com a Confederação Nacional de Municípios (CNM) abordou a utilização do Observatório da entidade e repassou informações aos gestores.

Logo no início da conversa, a gerente da área de saúde da Confederação, Carla Albert, tratou da síndrome pós-covid, que tem afetado o sistema de saúde dos Municípios. "Esses últimos dois anos foi um período extremamente crítico e todos os setores dos Municípios foram afetados. A CNM muito acompanhou a construção do plano nacional de imunização. Nós temos de 2021 para cá a situação do pós-covid, que são as sequelas, desde pessoas com infecções leves até hospitalizados, que há um percentual significativo da população. Os Municípios têm que lidar com essa síndrome do pós covid com toda a demanda reprimida de procedimentos seletivos também”, destacou.

O consultor da área de inovação da CNM, Émerson Souto, explicou como foi construído o Observatório. "É um processo bem amplo de construção desse observatório, que começou com a equipe da saúde, com os especialistas, avaliando informações relevantes para tratar no pós-covid. Temos o trabalho de coleta de dados, tratamento dos dados e criamos várias análises. Sempre comparando informações do Município com a região, o Estado e também o Brasil. Muitas UTIs têm um estado de avanço também, novos equipamentos, mais leitos, o que é um saldo positivo também”.

A gerente da área de saúde complementou. “Muitas vezes meu Município é um pequeno Município e muitas vezes não encontramos uma série de profissionais nos Municípios vizinhos, por exemplo. Como a CNM pode ajudar os gestores? Reconhecendo as unidades de saúde que estão disponíveis na minha região, pois o SUS funciona em rede. O planejamento precisa ser feito olhando o todo. O Observatório está para auxiliar os Municípios neste planejamento”, comentou Carla Albert.

A CNM destaca que o Observatório é uma ferramenta para auxiliar na gestão municipal e basta acessar o Conteúdo Exclusivo da entidade para saber o panorama do Município. Para fazer o cadastro, basta clicar aqui

Assista a íntegra do Bate-papo
{youtube}https://www.youtube.com/watch?v=58ckgSXS_Dg{/youtube}


Da Agência CNM de Notícias